31 de mar. de 2011

Sintetizando o aprendizado: Pré História (1º ano)


Aqui vai o fichamento com o resumo dos assuntos tratados em sala de aula.

O termo Pré-História foi moldado pelos europeus para referir-se às civilizações que antecederam a criação da escrita.
Por esse motivo, o termo é, atualmente, criticado pelos estudiosos, pois desconsidera que as sociedades sem escrita tenham tido História.
A Pré-História é comumente dividida em 3 fases: Paleolítico (que pode ser dividido em inferior e superior), Neolítico e Idade dos Metais.
O Paleolítico é caracterizado pela descoberta do fogo, pela fabricação de objetos de pedra e pelo modo de vida nômade.
O Neolítico é caracterizado, principalmente, pela Revolução Agrícola, que mudou completamente o modo de vida do homem, levando-o ao sedentarismo.
A Idade dos Metais é caracterizada pelo domínio do bronze (cobre + estanho) e, posteriormente, do ferro. Nesse momento intensifica-se a divisão do trabalho.


O termo nomadismo refere-se aos grupos caçadores-coletores que não se fixavam em um lugar. Sua constante mobilidade levou às migrações que terminaram por povoar todo o globo terrestre.
O termo sedentarismo refere-se aos grupos que, com o domínio da agricultura, passaram a fixar-se numa mesma localidade. Esses agrupamentos humanos deram origem às primeiras cidades.
O gênero humano surgiu na África, a partir dos hominídeos. De lá migrou para a Ásia. Da Ásia migrou para a Oceania, Europa e, por fim, América.

A teoria mais aceita para o povoamento da América considera que os seres humanos que aí se instalaram vieram da Ásia, chegando pelo estreito de Bering, aproveitando a glaciação.
Há ainda outra teoria que considera a vida de humanos da Oceania, por meio de jangadas, auxiliados pelo baixo nível das águas que fez surgir diversas ilhas (hoje novamente encobertas).
A Pré-História Americana é dividida em períodos diversos da periodização clássica: Paleoíndio, Arcaico e Formativo.
Paleoíndio e Arcaico são marcados pelo nomadismo e o Formativo é marcado pelo sedentarismo.
A arqueologia oferece contribuições importantíssimas para a compreensão da vida humana durante o período pré-histórico, por meio do estudo de ossos e vestígios de fabricação humana.

Nenhum comentário: