6 de jun. de 2017

#MenosPreconceitoMaisÍndio


Em Abril deste ano o Instituto Socioambiental lançou uma campanha com a "hashtag" #MenosPreconceitoMaisÍndio. Em sala de aula nós daremos uma olhada no vídeo e no texto da campanha (algumas turmas responderão ainda a algumas questões para auxiliar na compreensão do texto).


Veja abaixo o vídeo:



Texto da campanha:

#MENOSPRECONCEITOMAISÍNDIO


O INSTITUTO SOCIOAMBIENTAL (ISA) CONVIDA O BRASIL A OLHAR OS POVOS INDÍGENAS COM MAIS GENEROSIDADE, RESPEITO E SEM PRECONCEITO.

MUITOS ÍNDIOS SOFREM CRÍTICAS E AGRESSÕES SIMPLESMENTE POR TEREM INCORPORADO HÁBITOS E TECNOLOGIAS NÃO-INDÍGENAS AO SEU DIA A DIA. COMO SE, PARA TEREM SUAS IDENTIDADES RESPEITADAS, PRECISASSEM VIVER PARADOS NO TEMPO, EM UM MUSEU.

OS ÍNDIOS, COMO CADA UM DE NÓS, SÃO DONOS DE SUAS IDENTIDADES E INCORPORAM O QUE QUISEREM DO MUNDO QUE OS RODEIA, SEM DEIXAR DE SER ÍNDIOS.

SE VOCÊ NÃO É MAIS IGUAL AOS SEUS TATARAVÔS E NÃO TEM SUA IDENTIDADE QUESTIONADA POR ISSO, PORQUE OS ÍNDIOS NÃO PODEM TAMBÉM MUDAR E AINDA ASSIM CONTINUAR A SER ÍNDIOS, COM TODOS OS SEUS DIREITOS RESPEITADOS?

Questões:

1. Em sua opinião, por que os indígenas que incorporam hábitos e tecnologias não-indígenas são criticados?

2. O que o texto quer dizer com a frase "precisassem viver parados no tempo" "para terem seus direitos respeitados"?

3. Se você houvesse parado no tempo, e ainda vivesse como seus tataravôs, o que seria diferente em relação à sua vida atual?

4. O texto diz que os indígenas "incorporam o que querem do mundo que os rodeia", assim como nós. Que elementos de culturas estrangeiras você incorpora à sua vida?

5. Por que é tão difícil entender o que significa a palavra respeito?


Nenhum comentário: