Sobre


Sou Maria Aparecida, professora de História, atuando desde 2011 na educação pública de São Paulo (desde 2012 na rede municipal de educação da cidade de São Paulo).

O blog historiajaragua surgiu da necessidade de ampliar as oportunidades de aprendizagem para o ambiente "online".

A ideia é disponibilizar os conteúdos das aulas para aqueles que faltaram, estavam meio "perdidos" ou querem revisar os conteúdos, além de disponibilizar material para aprofundamento, como jogos, vídeos, filmes, livros, HQs, peças teatrais, etc.

Com o tempo, a presença do historiajaragua foi ampliada para outros canais, como o Facebook, Twitter, YouTube, e um aplicativo.

Em 2020, ministrarei aulas regulares de História para 8ºs A, B e C; 9ºs A, B e C.
Nas aulas de projeto, trataremos de "Atualidades e Direitos Humanos" com todas as turmas.
No contraturno, continuaremos com o Clube do Quadrinho.
______________________________________________________________________

A origem do nome

Minha identificação com o bairro onde moro é muito forte e, no momento de escolher um nome para o blog, o termo "Jaraguá" pareceu-me obrigatório.

A palavra Jaraguá é, sem dúvida, de origem Tupi - os habitantes mais antigos que conhecemos da região - mas seu significado não está bem definido. O mais aceito é que o termo signifique "O Senhor dos Vales" fazendo uma referência ao morro que domina a região e ponto mais alto da cidade de São Paulo.


A região, habitada originalmente por povos do tronco Tupi, foi invadida bastante precocemente por portugueses a procura de ouro. Assume-se que a construção mais antiga do bairro seja a casa do bandeirante Afonso Sardinha, datada de  meados 1580.

Mais tarde o Jaraguá foi tomado por fazendas, durante o Ciclo do Café, razão pela qual recebeu uma das mais antigas estações de trem do Brasil, inaugurada em 1891 com o nome de estação Taipas.

Durante o século XX os terrenos das antigas fazendas foram loteados, e com o afluxo de migrantes de diferentes regiões do país, especialmente do Nordeste, o bairro foi tomando os contornos que tem hoje e construindo sua identidade.

Nesse período, houve a fundação do Parque Estadual do Jaraguá, em 1961, local de preservação ambiental, representando um dos poucos remanescentes de Mata Atlântica de nosso país. Muito importante também foram as fundações das aldeias Tekoa Ytu, Tekoa Pyau e, mais recentemente, Tekoa Itakupe, Tekoa Itaytu e Tekoa Itawera por povos Guarani Mbya, que conquistaram a ampliação de seu território (Terra Indígena Jaraguá), aguardando aprovação presidencial.


Fontes

História dos Bairros 2 - Jaraguá Terra sem Mal. TV Cultura. Direção: Nelma Salomão e Rodrigo Gontijo. Direção de fotografia: Lea Van Steen. Edição: Marcus Bastos. Trilha sonora e pesquisa: Paulo Edson. DVCam, 26 min. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=tZZGUctFVaU&t=2s> Acesso em 28 Set 2015 às 16h10.

PMSP/Subprefeitura PR-PJ. “Histórico”. Disponível em: <http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/pirituba_jaragua/historico/index.php?p=466>Acesso em: 28 Set 2015 às 15h20.

SISTEMA AMBIENTAL PAULISTA/Parque Estadual do Jaraguá. "Sobre o Parque". Disponível em: <http://www.ambiente.sp.gov.br/parque-estadual-do-jaragua/> Acesso em: 28 Set 2015 às 17h36.

Yvyrupa - O Jaraguá é Guarani. Brasil de Fato. Reportagem: Juliana Gonçalves. Imagens: Juliano Vieira e Marcelo Cruz. Edição: Juliano Vieira. 4 min. 30 seg. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=B__ugZ_WEpo&t=77s> Acesso em: 29 Dez 2018 às 15h16.

______________________________________________________________________