30 de abr. de 2018

Carta Resposta [7º] [8º] [9º]


Olá, pessoal do Ciclo Autoral.

Após discutirmos, brevemente, questões relativas à igualdade de gênero, vamos produzir uma carta resposta a um dos pensadores abaixo.

Vocês devem ler a declaração do pensador sobre a questão da mulher em sua época e redigir uma carta de resposta expressando sua opinião - se favorável ou contrária à declaração do autor - e apresentando argumentos e exemplos para embasá-la.

Esta é uma atividade para ser entregue.

Declaração 1:

"... que [a mulher] viva sob uma estreita vigilância, veja o menor número de coisas possível, ouça o menor número de coisas possível, faça o menor número de perguntas possível"
Xenofonte, Grécia, século IV a.C.

Declaração 2:

"... Imaginem o que sucederá, daqui por diante, se tais leis forem revogadas e se as mulheres se puserem, legalmente considerando, em pé de igualdade com os homens! Os senhores sabem como são as mulheres: façam-nas suas iguais, e imediatamente elas quererão subir às suas costas para governá-los."
Marco Pórcio Catão, Roma, 195 a.C.

Declaração 3:

"... Existe um defeito na formação da primeira mulher, pois ela foi feita de uma costela curva, torta, colocada em oposição ao homem. Ela é, assim, um ser vivo imperfeito, sempre enganador."
Jacques Sprenger, Europa, século XV.

Declaração 4:

"Toda a educação das mulheres deve ser relacionada ao homem. Agradá-los, ser-lhes útil, fazer-se amada e honrada por eles, educá-los quando jovens, cuidá-los quando adultos, aconselhá-los, consolá-los, tornar-lhes a avida útil e agradável - são esses os deveres das mulheres em todos os tempos e o que lhes deve ser ensinado desde a infância."
Jean Jacques Rousseau, França, 1795.



Nenhum comentário: